COMO CALCULAR SALÁRIO, HORA EXTRA E DSR

COMO CALCULAR SALÁRIO, HORA EXTRA E DSR! Instruções O que você precisará
  • Calculadora
  • Papel
  • Caneta
  • Tabela INSS
  • Tabela IRRF
  Exemplo de um funcionário com jornada de trabalho de 8 horas por dia e 220 h / mês. Salário de 2,1 Salários Mínimo que é igual a R$ 1.144,50. Horas Extras: 4 Função: Auxiliar de Pessoal Quantidade de dependentes: 1 Vale Transporte: 57 X R$2,00 Vencimentos: Salário Base 1.144,50 Hora Extra 31,20 Descontos: Vale Transporte 68,67 INSS 105,81 IRRF Isento Totais: Total dos Vencimentos 1.175,70 Total dos Descontos 174,48 Total Líquido 1.001,22 Explicação: Vencimentos – O Salário Base é igual a R$1.144,50. Para calcular a hora extra que é um adicional: Hora extra é igual ao salário base dividido pela quantidade de horas que ele trabalhou no mês. 1.144,50 / 220 = 5,20 por hora Como é hora extra o funcionário recebe um adicional de 50 %. 5,20 + 50 % = 7,80 a hora extra Multiplica o valor da hora extra pela quantidade de horas extras trabalhadas no mês. 7,80 X 4 = 31,20 Descontos – O Vale transporte é 57 multiplicado por 2 reais que é igual a 114 reais. VT = 57 X 2 = 114 Porém o Vale Transporte pode ser um desconto de 6 % do valor do salário. VT = 1.144,50 X 6 % = 68,67 Para calcular o INSS some o salário base com a hora extra. 1.144,50 + 31,20 = 1.175,70 De acordo com a tabela do INSS quem ganha de R$1.106,91 a R$1.844,83 aplica uma alíquota de 9 %. Multiplica o valor dos vencimentos por 9 %. 1,175,70 X 9 % = 105,81 O IRRF – Imposto de Renda Retido na Fonte é igual ao salário (valor dos vencimentos) 1.175,70 – 105,81 do INSS – 150,69 referente a 1 dependente. 1.175,70 – 105,81 – 150,69 = 919,20 Pela base de cálculo quem recebi até R$1.499,15 está isento de Imposto de Renda. Totais – Você calcula os vencimentos e subtrai o valor dos descontos para encontrar o valor líquido desse pagamento. 1.175,70 – 174,48 = 1,001,22 Portanto o salário que o funcionário irá receber é de R$1.001,22. COMO DEVO CALCULAR O VALOR DA HORA EXTRA Para calcular o valor de sua hora extra é necessário, primeiramente, saber o valor de sua hora trabalhada, que vamos chamar de salário-hora.
  • Para saber quanto você ganha por hora, faça o seguinte: divida o seu salário por 220, que são o total de horas trabalhadas por mês, o resultado dessa conta é o seu salário-hora.
  • Agora pegue o seu salário-hora e acrescente 50%, que é o percentual legal da hora extra, o resultado desta conta será o valor de uma hora extra.
  • Por fim, multiplique o valor de uma hora extra pelo número de horas que você trabalhou a mais. Assim, saberá o total em dinheiro que deverá receber no final do mês, além do salário normal.
Exemplo: João ganha R$660 e fez 20 horas extras neste mês. Para saber quanto receberá a mais no final do mês, deverá fazer os seguintes cálculos:
  • 1.º – Achar o valor do salário hora salário total divido por 220 660,00 dividido por 220 = 3,00 O salário por hora de João é de R$3,00
  • 2.º – Achar o valor de uma hora extra valor do “salário hora” mais 50% 3,00 + 50% = 4,50 o valor de uma hora extra de João é de R$4,50
  • 3.º – Achar o valor a receber por todas as horas extras trabalhadas naquele mês > valor de uma hora extra multiplicado pelas horas trabalhadas a mais 4,50 X 20 (horas trabalhadas a mais) = 90,00 João tem R$90 a receber a mais por horas extras no final do mês.
Obs: 220 correspondem ao total de horas mensais trabalhadas, para aqueles funcionários que trabalham 8 horas por dia, ou 44 horas por semana. Pode ser que o percentual de hora-extra seja maior do que 50%, dependendo da convenção, verifique no seu sindicato.

DESCANSO SEMANAL REMUNERADO – REFLEXO NAS HORAS EXTRAS

  A Lei 7.415/1985 e o Enunciado TST 172 determinam que as horas extraordinárias habitualmente prestadas devem ser computadas no cálculo do Descanso Semanal Remunerado – DSR.  

FORMA DE CÁLCULO

A integração das horas extras no descanso semanal remunerado, calcula-se da seguinte forma:
  • somam-se as horas extras do mês;
  • divide-se o total de horas pelo número de dias úteis do mês;
  • multiplica-se pelo número de domingos e feriados do mês;
  • multiplica-se pelo valor da hora extra com acréscimo.
  Fórmula:  
  DSR = (valor total das horas extras do mês ) x domingos e feriados do mês  x  valor da hora extra com acréscimo número de dias úteis  
  O sábado é considerado dia útil, exceto se recair em feriado.   Caso as horas extras feitas durante o mês tenham percentuais diferentes, a média terá que ser feita separadamente.  

ADICIONAL DE SERVIÇO EXTRAORDINÁRIO

A Constituição Federal no seu artigo 7º, inciso XVI determina que a remuneração do serviço extraordinário deve ser acrescida de no mínimo 50% (cinquenta por cento) à do normal, mas a empresa antes de aplicar nos cálculos da sua folha de pagamento deverá conferir com a Convenção Coletiva de Trabalho se tal percentual não é superior.   Base legal: Lei 7.415/1985 e mencionadas no texto. COMO CALCULAR DSR SOBRE HORAS EXTRAS Vamos aprender a calcular reflexo DSR hora Extra agora… O cálculo da DSR é simples, primeiramente você vai Calcular Hora Extra, vamos fazer de 50% de um funcionário que ganha R$900,00, e que normalmente trabalha 220 horas mensais R$ 900 / 220 = R$ 4,09 + 50% = R$ 6,13 (você tem horas extras de 6,13 quando trabalhar a 50% num dia normal de trabalho, domingos e feriados são considerados 100%) Supondo que o empregado fez 10 horas extras 10 x R$ 6,13 = R$ 61,30 Agora muito importante, você irá pegar R$ 61,30, dividir pelos dias úteis do mês, e multiplicar pelos domingos e feriados, vamos pegar um mês que tenha 30 dias sem feriado, e que tenham ao todo 4 domingos, então R$ 61,30 / 26 = R$ 2,35 R$ 2,35 x 4 = R$ 9,40 Então naquele mês deverá vim um valor por volta de R$ 12,60 em sua folha de pagamento como DSR Reflexo Horas Extras Lembrando aqui, á aqueles que preferem dizer cálculo do repouso semanal remunerado, não esta errado, pois consta na lei segundo o Planalto, desde 05 de janeiro de 1949, mas atualmente é dito DESCANSO Semanal remunerado como mostra sua Sigla.